As operações de Procurement são a espinha dorsal da cadeia de fornecimento de cada empresa.

Toda organização se envolve em algum nível com estratégias de compras, seja usando um processo complexo de vários canais ou administrando uma prática de aquisição mais reduzida e compacta.

Embora a gestão e o acompanhamento dos gastos com compras possa variar, a forma como o processo é definido em termos e significados claramente definidos. 

Nesse contexto, adquirir um conhecimento aprofundado desses termos pode ser de grande ajuda para gestores e departamentos de compras.

Aqui, nós abordamos quais são os tipos de Procurement utilizados na indústria e como eles se distinguem entre si.

O que é Procurement?

O termo “Procurement” abrange todos os elementos do processo de compra de uma empresa.

Ao mesmo tempo em que envolve a compra literal de bens, serviços e propriedades, o Procurement e a gestão de compras vão muito além para incluir também o planejamento estratégico.

O processo de aquisição afeta várias funções comerciais e requer um domínio da gestão da cadeia de suprimentos, aquisição de matérias-primas e cumprimento das metas de aquisição.

O departamento de compras é responsável pela aquisição de bens e serviços para uma empresa.

Isto pode envolver a compra de mercadorias a preços competitivos, o tratamento de todos os procedimentos legais associados à obtenção de um contrato, o orçamento de custos para as mercadorias e o estudo das tendências financeiras para garantir que o dinheiro da empresa esteja sendo gasto de forma sensata.

Em suma, Procurement inclui o monitoramento de necessidades, sourcing, aquisição, monitoramento das compras e planejamento de gastos futuros. 

Por que o Procurement é importante nos negócios?

Todo negócio requer materiais, bens e serviços para alcançar os resultados desejados.

Nenhum negócio no mundo é tão auto-suficiente que eles tenham tudo disponível internamente.

Eles tendem a depender de outros negócios quando precisam comprar bens e serviços que são essenciais para suas operações comerciais.

Neste contexto, é essencial entender que o processo de Procurement não se resume à compra de bens ou serviços para executar as operações do dia-a-dia.

Ele se estende a garantir que a empresa também obtenha valor agregado no longo prazo.

Seja programas para comunicação, matérias-primas para fabricação de produtos ou serviços para manter as instalações, manter uma empresa funcionando é uma tarefa cara e demorada. 

A principal missão de um departamento de compras é adquirir os bens necessários ao melhor preço e nos melhores termos.

Os profissionais de compras se destacam na construção de relacionamentos com fornecedores, negociando termos vantajosos e racionalizando o processo de compras a partir da identificação de uma necessidade de serviços ou bens para o pagamento da fatura.

Com um processo de Procurement simplificado, as organizações aumentam a economia de custos, minimizam o desperdício de gastos e analisam como e onde os orçamentos são implantados com mais eficiência.

O dinheiro preservado através de boas práticas de compras estimula o crescimento e isola a organização contra reviravoltas.

Tipos de Procurement

As empresas se envolvem em diferentes tipos de Procurement, dependendo das necessidades comerciais e dos objetivos imediatos.

Aqui trazemos uma lista dos 4 principais tipos de Procurement e o que eles englobam no contexto de compras.

1. Procurement direto

Este tipo de Procurement refere-se a qualquer coisa que seja necessária para produzir um produto final.

Para simplificar, são as compras diretas de matérias primas que contribuem para o produto final da empresa. 

Da perspectiva do comprador, é qualquer item ou material que são comprados de um fornecedor para revender aos clientes ou consumidores finais. 

Alguns exemplos de Procurement direto incluem:

  • Matérias-primas
  • Componentes e peças
  • Maquinaria
  • Itens comprados para revender

2. Procurement Indireto

O Procurement indireto envolve materiais significativos para auxiliar o funcionamento diário sem uma contribuição direta ao produto da empresa.

Em termos simples, são os materiais que apóiam a operação de uma organização. 

Além disso, os responsáveis pela tarefa são aqueles que lidam com ela em pequenas empresas.

Por outro lado, as grandes corporações utilizam a gestão de instalações para lidar com aquisições indiretas.

Abaixo estão alguns exemplos:

  • Materiais de marketing
  • Manutenção de equipamentos
  • Fornecedores de escritórios
  • Serviços de marketing
  • Serviços de consultoria

3. Procurement de mercadorias

A aquisição de mercadorias fala claramente sobre o bem em si ou sobre os itens físicos.

Embora se refira a itens físicos, também inclui assinaturas de software.

O sucesso da aquisição de mercadorias depende muito da eficiência de sua cadeia de fornecimento. 

A aquisição de mercadorias também pode incluir aquisição indireta e direta.

Um exemplo disso são:

  • Matérias-primas
  • Manutenção de equipamentos
  • Itens
  • Material de escritório

4. Procurement de serviços

Qualquer compra não-tangível. Isto se refere a ofertas profissionais, tais como serviços de consultoria ou reparo de instalações.

Abrange também compras Software as a Service (SaaS), que tem proliferado no uso comercial e é frequentemente um dos gastos mais significativos baseados em serviços globalmente. 

A aquisição de serviços envolve a contratação de terceiros, leasing de software e empreiteiros ou fornecedores para trabalhar para você.

Em poucas palavras, é a contratação de serviços baseados em pessoas.

A aquisição de serviços também pode incluir a aquisição direta e indireta em seu processo. 

Conclusão

O Procurement e a gestão de compras refletem hoje uma ênfase crescente na importância da agilidade.

De uma abordagem reativa a uma abordagem mais cooperativa com fornecedores selecionados, o paradigma de gerenciamento na aquisição vem testemunhando uma mudança substancial.

Com a proliferação de novos modelos operacionais em compras, as empresas precisam digitalizar.

Nós da GoBuyer entendemos como os processos manuais prejudicam o processo de compras.

É por isso que pensamos que o caminho para as empresas é a adoção de plataformas holísticas, buscando eficiência de ponta a ponta.

A solução certa pode ajudar a acelerar suas operações diárias, ao mesmo tempo em que se torna uma vantagem competitiva.

A nossa plataforma de compras foi especialmente desenvolvida para auxiliar tanto compradores quanto fornecedores no processo de compra e venda.

Para saber mais detalhes, é só acessar o link!